Publicado por: noticiasdesiao | 15 de março de 2011

A DIFERENÇA ENTRE JUDEUS E PALESTINOS

CINCO ANOS SEM GILAD SHALIT

Israel parou por 5 minutos num protesto pacífico contra o seqüestro do soldado Gilad Shalit.

ATITUDE JUDAICA

Nesta manhã, por 5 minutos, Israel esteve parado num silencioso protesto pelos 5 anos do seqüestro do soldado Gilad Shalit. Preces e leitura de Tehilim marcaram o triste evento.

Israel parou na manhã de hoje, 15, numa das maiores manifestações jamais vista. Em Tel Aviv a parada dos carros provocou um sem número de engarrafamentos. Já é tradição em Israel paradas de 1 e 2 minutos em memória das vítimas da Shoah e em homenagem aos soldados mortos nas guerras em defesa da nação. Mas, o protesto de hoje durou longos 5 minutos.

Ofer Ben Tal, um dos organizadores da campanha em prol da libertação de Gilad (Sheli) Shalit pediu a população que parassem seus afazeres por cinco minutos, um para cada ano de cativeiro do soldado israelense que foi seqüestrado por terroristas do Hamas e permanece preso até hoje.

Também esta manhã, em Eilat, no sul do país, Shimon Peres reafirmou os esforços do Governo Israelense em libertar Shalit. “A nação inteira está unida em seus corações na esperança de que Gilad Shalit brevemente esteja entre nós. Íntegro e saudável!”, sintetizou o Presidente de Israel.

Mostrando o caráter completamente oposto das manifestações dos auto-denominados palestinos, não houve gritos de Guerra, nem pedidos de banhos de sangue contra seus inimigos. O que se viu (e verá ao longo do dia) foram preces a favor do soldado seqüestrado e da sua família, brutalmente privada da presença do ente querido e vítima constante de terrorismo psicológico, com as troças que são freqüentemente feitas pelos palestinos usando as imagens de Shalit. Verdadeiras ou falsas.

O caráter do povo judeu pode ser observado pela postura do rabinato local, que ao invés de se comportarem como os líderes islâmicos, que constantemente incentivam o ódio contra Israel, preferiram fazer como sempre: Leram trechos das Sagradas Escrituras!

Shlomo Amar, o principal rabino da comunidade Sefardita, fez a leitura pública do Tehilim (Salmos) 27. Propositalmente, a leitura durou exatos 5 minutos!

O TEHILIM 27

O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?

Quando os malvados, meus adversários e meus inimigos, se chegaram contra mim, para comerem as minhas carnes, tropeçaram e caíram.

Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nisto confiaria.

Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo.

Porque no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no oculto do seu tabernáculo me esconderá; pôr-me-á sobre uma rocha.

Também agora a minha cabeça será exaltada sobre os meus inimigos que estão em redor de mim; por isso oferecerei sacrifício de júbilo no seu tabernáculo; cantarei, sim, cantarei louvores ao Senhor.

Ouve, Senhor, a minha voz quando clamo; tem também piedade de mim, e responde-me.

Quando tu disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei.

Não escondas de mim a tua face, não rejeites ao teu servo com ira; tu foste a minha ajuda, não me deixes nem me desampares, ó Deus da minha salvação.

Porque, quando meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me recolherá.

Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e guia-me pela vereda direita, por causa dos meus inimigos.

Não me entregues à vontade dos meus adversários; pois se levantaram falsas testemunhas contra mim, e os que respiram crueldade.

Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria a bondade do Senhor na terra dos viventes.

Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor.

ATITUDE PALESTINA

Desde o seqüestro do soldado israelense, o grupo Hamas tripudia em cima da dor da família de Gilad Shalit. A imagem de Shalit já foi vilipendiada das mais horrorosas formas.

A pilhéria mais recente aconteceu no final do ano passado, quando o grupo terrorista fez uma parada onde, num dos postos altos do “evento”, eles desfilaram com um sósia de Shalit algemado. A multidão em êxtase “festejava” a palhaçada.

As imagens, distribuídas nos sites árabes, não foram divulgadas pela chamada grande mídia. Obviamente que se o fizessem colocaria em risco a imaculada imagem que eles querem fazer dos coitadinhos palestinos.

SAIBA MAIS

Veja o que já publicamos sobre Gilad Shalit clicando nos links abaixo

CHANTAGEM

ÉTICA JUDAICA I

ÉTICA JUDAICA II

SHALIT SERÁ LIBERTADO

About these ads

Responses

  1. Salvar uma vida é salvar um mundo! Esse slogam foi usado para salvar crianças com problema de coração!
    Gilad, merece respeito! Se for necessário devolver outras pessoas que façam, pois em tempo por piores que sejam tais pessoas, Israel é capaz de recupera-los.
    Sou favorável que salve GILAD para o ETERNO. Ele tem mais valor do que qualquer bem terreno.
    Minha oração é que o Deus Altíssimo, o Deus de Abraão, Isaque e Jacó, guarde, livre e abençoe este valioso príncipe!

  2. Amigos,
    Será que no Brasil, pessoas influente como Bispo Grivella, Senador brasileiro, possa ser um mediador para libertar GILAD!

  3. Boa tarde:

    Não tenho nenhum vículo de sangue com povo judeu, mas é uma causa que me atrai, por isso, passei a replicar com 100% as noticias postadas neste blog, descobri por acaso e passei a ler todos os dias. SOCIÓLOGO

    • Shalom, Martinelli. A maior parte das pessoas que prestigiam o Blog Notícias de Sião (mais de 600 visitas apenas no dia de ontem) são goim (não judeus). Já o número de iehudim (judeus) é modesto. Isto é uma coisa maravilhosa, pois mostra que a defesa da Verdade transcende etnias, bandeiras e interesses pessoais. Quando vemos israelenses incomodados com as mentiras que lêem diariamente sobre seu país, achamos isso normal e até esperado. Mas, quando vemos centenas de pessoas, das mais diversas origens e credos, compartilhando unânimes o desejo de ver a Verdade prevalecer, aí sim estamos diante de um daqueles momentos raros nos dias de hoje, quando a Ética triunfa e um raio de esperança surge no horizonte deste universo sombrio em que o mundo da Mídia está mergulhada.

      Obrigado pela sua fidelidade em acompanhar nosso trabalho. Na medida do possível, divulgue-o entre seus amigos. Afinal de contas, como diz nosso slogan, se Israel é bem mais do que aquilo que estamos acostumados a ver, ouvir ou ler por aí, por que não se engajar numa campanha no sentido de levar mais pessoas a conhecer esta Verdade?

      Seja bem vindo à esta verdadeira “tropa virtual”.

  4. Dizem não haver explicação para tanta maldade e covardia, mas no fundo todos sabem que eles apenas seguem o que o seu profeta pregou, onde no mundo outra religião prega e ou aprova a morte de inocentes? Em que lugar do universo existe um Deus que promete um paraíso em troca da morte de mulheres, idosos, doentes e crianças? Como aceitar tudo isso, como se calar ante a tamanha atrocidade, o que fazer quando sabemos que centenas de milhares ainda morrerão nas mãos sanguinárias deste povo que ainda vive na idade da pedra, devemos reagir enquanto temos força para enfrentar esta ameaça, que hoje grassa em plena luz do dia!

  5. É de cair o queixo o tamanho reducionismo de seu post… blá, blá, blá, blá, blá, blá… [Para o bem da verdade o restante deste comentário não será publicado].

  6. [...] casos mais deploráveis, como a Parada “Cívica” que o grupo Hamas fez onde sósias de Shalit desfilaram acorrentados pelas ruas da Faixa de [...]

  7. Não sou judeu, apenas admiro e agradeço a determinação e a luta desse sofrido povo que luta pela existência de um estado democrático e soberano, cercado por inimigos. Israel mostra ao mundo os contrastes entre o regime democrático e os demais regimes totalitários da região. Baseado no esforço coletivo de sobrevivência busca cotidianamente desenvolvimentos científicos e tecnológicos enquanto seus vizinhos árabes aproveitando-se da riqueza momentânea, esbanja petrodólares em projetos faraônicos e bélicos.
    O respeito dispensado aos seus cidadãos pelo estado de Israel,
    trará Shalid de volta ao lar, mesmo que para isso tenha que libertar centenas de inimigos. Esse é mais um exemplo para o mundo.
    Parabenizo a todos pelo site que a partir de hoje frequentarei.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 192 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: