FOTOS DO MASSACRE EM ISRAEL

A DISCRIÇÃO DA MORTE E UMA EXCESSÃO NECESSÁRIA
ou PORQUE ISRAEL DECIDIU MOSTRAR AS FOTOS DO MASSACRE EM ITAMAR

Enterro da Família Fogel uniu milhares de Israelenses na manhã desta segunda-feira.

D’us recolhe as lágrimas dos que choram pelos íntegros que morrem e as guarda em Seu tesouro” (Talmud)

Em julho de 2008 o grupo terrorista Hizbollah entregou os corpos dos soldados israelenses Ehud Goldwasser e Eldad Regev, que foram capturados e mortos em 2006. A Cruz Vermelha informou que os soldados israelenses morreram em decorrência de ferimentos, provavelmente provocados por uma execução. Quando a organização terrorista mostrou para a mídia os dois caixões negros, Israel prometeu libertar cinco prisioneiros capturados na Guerra do Líbano. E foi o que fez, após confirmarem que os corpos eram mesmo dos soldados desaparecidos.

Dois detalhes chamaram a atenção neste episódio. Primeiro, o fato dos soldados israelenses terem sido executados no mesmo dia em que os terroristas os seqüestraram, enquanto outros terroristas, presos pelas Forças de Defesa de Israel, recebiam tratamento humano supervisionado por Organizações JUDAICA de Direitos Humanos!

O segundo detalhe que chamou atenção foi que entre os terroristas libertados em troca dos corpos estavam cinco elementos da mais alta periculosidade para a segurança de Israel: Maher Qorani, Mohammad Srour, Hussein Suleiman, Khodr Zeidan e Samir Kantar. Este último, preso desde 1979, foi condenado pelo assassinato de cinco israelenses e era considerado na época o prisioneiro libanês mais importante. Chamado em Israel de “O Mal em Pessoa”, Samir Kantar foi perdoado formalmente pelo então presidente Shimon Peres que afirmou ter tomado uma das decisões mais difíceis da sua vida.

Na oportunidade, o dirigente israelense destacou que aquele gesto não significava de maneira alguma “perdão para os atos de Kantar”, mas sim um dia triste para todos os israelenses, pois soltar assassinos não era algo fácil.

Shimon Perez disse então que “Israel tinha a obrigação moral e espiritual de trazer seus soldados de volta para casa”.

Mas, por que Israel valoriza tanto o simbolismo de resgatar corpos? E por que chora seus mortos em segredo, enquanto os inimigos transformam cada enterro em feéricas passeatas?

Simplesmente porque Israel não espetaculariza seus mortos. Para o judeu, a morte é algo doído, que deve ser chorada apenas entre os seus. Esta é a razão pela qual os enterros palestinos têm mais visibilidade midiática que os israelenses. E como é mais midiática, o mundo se choca mais com a morte de terroristas palestinos do que de judeus inocentes.

Para entender um pouco mais a reserva que Israel faz em relação aos seus mortos, é preciso conhecer alguns aspectos da sua cultura e aquilo que os judeus chamam de Ciclo da Vida. Este começa com o Nascimento, um momento de alegria, quando acontece o Brit Milá; prossegue rumo a Maturidade, quando os rapazes fazem o Bar Mitzvah e as meninas o Bat Mitzvah e chega o momento em que as crianças tornam-se adultas, assumem responsabilidades e recebem a Bênção dos Pais. Depois disso vem o Casamento, um momento de festa. Vindo os filhos, recomeça o Ciclo. Com a chegada da morte, este Ciclo se fecha e é o momento em que eles sofrem, em família.

Resguardar aqueles que sofrem a perda de um ente querido é tão sagrado no Judaísmo quanto as demais práticas religiosas. Esta é a razão pela qual você jamais verá um enterro judaico transformado em espetáculo público, como fazem os palestinos, conduzindo em êxtase caixões decorados em passeatas públicas.

Jornal de hoje em Israel mostra filha sobrevivente chorando a morte dos pais e dos três irmãos.

Mas, por que no caso de Itamar o Governo Israelense, os ortodoxos e a família Fogel decidiram se expor? Simplesmente para dar um basta! O mundo precisa saber o que silenciosamente vem acontecendo em Israel. Foguetes caem diariamente sobre cidades fronteiriças da Faixa de Gaza e o mundo está calado. Famílias inteiras em suas casas e crianças nas escolas vivem o cruel ritual de terem que correr para abrigos a todo momento e o mundo está calado. Colonos trabalham sob tensão e ao se recolherem em suas casas no final do dia têm que manter vigilância constante, pois não sabem o que pode lhes acontecer quando a noite cai. E o mundo está calado.

Momento em que os corpos da Família Fogel é retirado de sua casa.
Israel decide não mais se calar!

O massacre de Itamar foi o corolário de uma série de barbáries que vem acontecendo há décadas em Israel. A decisão de romper o silêncio mostrando com crueza o que aconteceu à família Fogel não só foi dolorosa quando necessária.

Em 20 de Novembro de 1945, quando começou o julgamento dos Nazistas em Nuremberg, Alemanha, o promotor norte-americano Robert Jackson percebeu que estava diante de uma situação incomum. Entre os 24 principais criminosos de guerra da Segunda Guerra Mundial estavam verdadeiros monstros, mas que eram hábeis manipuladores da oratória, das artes cênicas e das emoções de quem os ouvia. Como o julgamento arrastou-se por longos 261 dias, crápulas como Hermann Göring, surpreendentemente, começavam a granjear simpatizantes entre os membros do júri.

Robert Jackson já havia lido pilhas de depoimentos de sobreviventes dos Campos de Concentração. Os depoimentos eram tão surreais que beirava o impossível. Vendo que não estava a surtir efeito, Jackson trouxe pessoas reais para depor. Homens sem cordas vocais, mulheres esquálidas e crianças brutalmente mutiladas pelas experiências feitas nos laboratórios de Josef Mengele. Mesmo assim os resultados foram pífios.

Foi aí então que Robert Jackson jogou a cartada final: Exibiu no Tribunal um longo vídeo, gravado pelos oficiais norte-americanos assim que entraram nos Campos de Concentração. O impacto das imagens reverter completamente a situação e o julgamento terminou por condenar à morte a maioria dos réus.

Ruth tinha 35 anos, Udi tinha 36, Hadass ia completar 4 meses, Elad estava com 4 anos e Yoav completara 11. Os sobreviventes são: Tamar, de 12; Roí, de 8 e Ishay com apenas 2 anos e meio. Todas as crianças sobreviventes viram os corpos dos pais e dos irmãos massacrados e estão traumatizados.

Muito já foi escrito sobre a forma como os israelenses são aterrorizados pelos seus inimigos. Muito já foi testemunhado por sobreviventes ou parentes das vítimas israelenses. Chegou a hora do basta! Esta é a razão pela qual a Família Fogel, o Gabinete de Benyamin Netanyahu e a Mídia Israelense resolveram mostrar as imagens.

Cabe agora, a cada um de nós, fazer juízo do que está sendo mostrado e não se calar diante dos fatos. Nós não nos calaremos!

UMA HOMENAGEM À MEMÓRIA DA MISHPACHA FOGEL (FAMÍLIA FOGEL)

Anúncios

19 comentários sobre “FOTOS DO MASSACRE EM ISRAEL

  1. Se os árabes hoje abaixarem suas armas, não haverá mais violência no mundo. Se os judeus hoje abaixarem suas armas, não haverá mais ISRAEL.

  2. Muito me entristece ver tamanha crueldade!
    O mundo realmente precisa tomar conhecimento de toda essa perseguição que está acontecendo em Israel.

  3. E se com instrumento de ferro ferir voluntariamente alguém e este morrer, é homicida; certamente, será morto o homicida e a terra não terá expiação por causa do sangue que nela foi derramado, senão com o sangue daquele que o derramou. E não contaminarás a terra em que vós estais, porque Eu habito no meio dela; pois Eu, o Eterno, habito no meio dos filhos de Israel. Sendo o Eterno um Deus misericordioso, não te deixará cair, e não te destruirá, e não se esquecerá do pacto que jurou a teus pais.Porém, quando na infelicidade buscarem Deus, o acharão, quando o buscarem de todo coração e de toda alma. Então, Ele não os desamparará, porquanto é Deus misericordioso; nem os destruirá, nem se esquecerá da aliança que jurou a seus pais

  4. Até quando, ADONAI. Até quando ADONAI. Não aguentamos mais ADONAI!
    Venha ao nosso auxilio ADONAI e restaura nossos dias como dantes! Venha logo o Mashiach e restaura O Seu Reino ó ADONAI!!!! Me perdoe pelas minhas lamentações e súplicas, mas quero dizer que as nossas almas estão muito tristes, até a maior das profundezas com o que aconteceu com os nossos irmãos em Itamar. Lamentavelmente no mês de Adar que é um mês de alegria porque lembra de nossa libertação da morte em Sussan e daqui a alguns dias iremos festejar a festa de Purim e agora os nossos inimigos nos ferem mortalmente desta maneira. Ah! é muito triste. Eu quero dizer algo em prol da familia assassinada: Eles, a familia assassinada, irão acompanhados pros altos com milhares de tehilim recitados por judeus do mundo todo. Suas crianças já tem uma lugar no OLAM HABAH visto que eram todos menores de 13 anos (o filho mais velho assassinado tinha apenas 11 anos). Mas a vocês Ehud e Ruth Fogel, vocês que sempre foram exemplares em seu judaismo e seus ensinamentos para outros judeus. Você Ehud, como um rabino da yeshiva e você Ruth como uma professora da 9 classes para as criancas. Vocês que ensinaram tanto da Torah e as mitsvot para outros que não sabiam. Vocês nos ensinaram – e muito! – o verdadeiro signifcado da emunah e confiança no Eterno. Vocês personificaram a primaria da halacha na vida judaica ao se mudarem pra Itamar. Meus queridos irmãos, vocês só foram fazer uma breve viagem. Logo O Mashiach chegará, e os 12 princípios de nossa fé, seguidos pelo 13 e último, o principal, da ressurreição daqueles que morreram na emunah. Então nós reinaremos com todos nossos amigos e familares mortos e pessoas que amamos em Yerushalayim, no terceiro Beit Hamikdash. Que suas almas sejam e estou certo disso, atadas no livro da vida e que eu tenha o mérito de um dia chegar lá. E então tudo ficará para trás. Espero ver vocês e todos os outros yehudim assassinados na terra prometida, em breve. Que a nossa redenção chegue logo, óóó Grande ADONAI! Desculpem a minha emoção e tristeza.

  5. Pois é, realmente não há palavras para descrever nada disso. Porém o que eu quero acrescentar é que isto é uma guerra espiritual. Quem vocês acham que dominou a mente e o sentimento destas pessoas para fazerem o que fizeram? Logico que isso não os isenta de culpa, mas o verdadeiro adversario de Israel – e de todos – é um só o DIABO.

    Enquanto a humanidade crer que ele é apenas uma figura mitológica e continuar passiva, sem tomar nenhuma atitude, cenas como essas continuarão a acontecer em todo o mundo.

    A Bíblia é clara e diz que o diabo veio para matar, roubar e destruir. Mas o Filho de Deus veio para destruir as obras do Diabo. E além disso ELE é o SAR SHALOM, ministro de paz.

    Cada vez mais desejo ardentemente a Sua volta. MARANATA YESHUA! Maranata Senhor Jesus, ora vem!

    Oro para que o Todo Poderoso, cure as feridas na alma destas crianças que viram seus pais esquartejados. Que Deus passe o bálsamo curador, o bálsamo de Gileade! Oremos para que o Santo de Israel, guarde seu povo , seus limites e seus soldados. Tenhamos fé que tudo está sobre o controle DELE!

    Quanto a estes assassinos, só a Deus cabe julgá-los. Por mais penas que possam sofrer pela lei dos homens, não trará de volta os 5 que se foram.

    Israel, o teu socorro vem do SENHOR! (Salmos 121).

  6. Esses são os coitadinhos palestinos. Quero ver como a mídia esquerdista vai botar essa na conta de Israel (ou dos EUA), como sempre fazem. Vai ficar difícil.

  7. DEPOIS VENHAM A COMUNIDADE INTERNACIONAL PEDIR PAZ COM PALESTINOS,TEM É MAIS AS FORÇAS ARMADAS ISRAELENSES FAZER CHOVER BOMBAS SOBRE ELES!

  8. O profeta Habacuque perguntou ao SENHOR, até quando clamarei por socorro,até quando gritarei violência!”sem que tragas salvação? Por que ficas calado enquanto os ímpios devoram os que são mais justos que eles?
    O SEnhor respondeu , a visão aguarda um tempo designado; ela fala do fim, e não falhara, o capitulo 2 de Habacuque fala das dores ou ais que sofrerá a nação que causa mal a Israel ( aqui no caso Babilonia), Israel è a menina dos Olhos do Senhor, não ficará impune quem ficar contra ela.
    Oremos pela paz em Israel, que Israel reconheça que o prometido de Deus já veio, o Salvador do mundo o Emanual “Cristo Jesus”. Deus enviou seu filho ao mundo para que todo o que NELE crê tenha Vida ETERNA (joão 3.16)

  9. Pingback: in memoriam – família Fogel « e-Direita

  10. Que o Senhor Jesus dê descanso eterno a estes pobres, mortos de forma tão brutal, e que esse assassino seja punido para evitar que outros inocentes morram. Mesmo que essa família tenha cometido algum erro, nada justifica tal crueldade. Só o Senhor Jesus tem o direito de dar e tirar a vida de alguém. Que O SENHOR acalme e proteja a filha que sobreviveu.

    • DEUS quando olha aqui pra terra é ver uma cena desta si aborrece ….é deve clorar muito vendo a crudelidade do homem ….DEUS tenha piedade de nós ..somos fracos

  11. ai meu mau coraçao doiiiiiiiiiii por que tudo isso .ai como amo israel
    .nem sei por por que mas amo tanto o povo de israel .pois jesus dis .ai de quem estiver contra israel

  12. Lamento tudo isso.è muito triste.Que o Senhor Deus de misericordia tenha compaixão de todos nós, e nos dê sabedoria e entendimento.”eis que a palavra do Senhor vem se cumprindo a cada dia. Lamento muito. Que o Senhor nos dê a habilidade de amar como Jesus nos amou. Somos todos moradores de uma mesma casa chamada terra.Somos todos irmãos Contra fatos não há argumentos.Eis ai uma atitude da falta de presença do Grande Deus.

  13. “CHORA ISRAEL,BABILÕNIA NÃO É TEU LUGAR,CLAME A DEUS ELE TE OUVIRA E O INIMIGO FUGIRÁ.CHORA ISRAEL “,PORQUE COMO EU MUITOS TAMBEM ESTÃO CHORANDO. A PALAVRA DO SENHOR DIZ QUE SOMOS A ISRAEL DELE.ENTÃO TODOS NÓS ESTAMOS CHORANDO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s