JUDAÍSMO

Atitudes do Governador do Rio fazem lembrar o Rei Salomão


Witzel celebra atuação da polícia em sequestro de ônibus no Rio de Janeiro

OPINIÃO

“Nenhuma vítima morreu, quem assumiu o risco de morrer, morreu”, disse Wilson Witzel, governador do Estado do Rio de Janeiro, em conversa com os reféns de um ônibus sequestrado nesta terça-feira, no Rio.

A conversa do Governador Witzel com as vítimas recém libertadas é algo que nunca vi, vindo de uma autoridade, em mais de 4 décadas que acompanho política.

Primeiramente, Witzel foi perfeito na sua conclusão: “Nenhuma vítima morreu!” O criminoso neutralizado não é uma vítima, nem da polícia nem da sociedade, seus reféns eram vítimas. Nenhuma vítima foi morta, um criminoso foi.

Em segundo lugar, e mais importante, Witzel não apontou “a presença do Estado” nem “a eficiência da polícia” como solução para a violência, ele disse que “a solução para a violência é Jesus Cristo”.

VEJA A CONVERSA DE WITZEL COM OS REFÉNS LIBERTADOS

Wilson Witzel não é evangélico, é católico, mas o pronunciamento dele é mais bíblico do que o lamento de alguns crentes nas redes sociais. Witzel não é um pastor evangélico, mas se fosse, provavelmente o versículo escolhido para a sua “pregação” seria Romanos 13.3,4: “Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a potestade? Faze o bem, e terás louvor dela. Porque ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador para castigar o que faz o mal.”

As palavras de Witzel são palavras de um homem sábio, e oro para que ele conduza o governo do Rio inspirado nas palavras de outro dirigente sábio, o Rei Salomão.

Embora tenha um sobrenome parecido com um dos muitos sobrenomes judaicos, Witzel não é judeu. Não é judeu, mas por ocasião da sua posse, fez questão de fazê-la da forma judaica: Witzel pediu que um sacerdote judeu tocasse um shofar, um shofar israelense, da mesma forma que aconteceu quando da “posse” do Rei Salomão:

“E Zadoque, o sacerdote, tomou o chifre de azeite do tabernáculo, e ungiu a Salomão; e tocaram a trombeta, e todo o povo disse: Viva o rei Salomão!” (1 Reis 1:39)

Viva o Governador Witzel!

ANDS | MÍDIAS SOCIAIS

CLIQUE ABAIXO, FAÇA UMA DOAÇÃO E AJUDE O NOTÍCIAS DE SIÃO.

Faça sua doação para apoiar o Notícias de Sião
donate-jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s