Publicado por: noticiasdesiao | 25 de junho de 2017

ISRAEL ATACA A SÍRIA

NENHUMA JANELA PARTIDA AO NORTE DE ISRAEL

Se apenas uma das janelas de um prédio for quebrada e o reparo não for feito de imediato, há uma boa probabilidade de que vândalos passem a quebrar as demais janelas do edifício. Esta “Teoria das Janelas Quebradas” foi proposta pelos cientistas políticos e criminologistas James Q. Wilson e George Kelling da escola de Chicago. Para os autores, a melhor estratégia para prevenir o vandalismo é resolver os problemas quando eles ainda são pequenos. Israel fez isso na tarde de hoje.

O ATAQUE DA SÍRIA AO NORTE DE ISRAEL

Depois que dez projéteis vindos da Síria atingiram o lado israelense das Colinas do Golan, a Força Aérea de Israel (IAF) respondeu com firmeza. Os dez projéteis não atingiram ninguém e caíram em regiões que não ofereceram perigo, razão pela qual nem as sirenes de alerta foram ouvidas. A resposta de Israel foi precisa e cirúrgica: Uma base militar neutralizada e dois tanques destruídos. Dois soldados sírios morreram nos ataque, um número que pode crescer nas próximas horas.

O mundo provavelmente dirá que a resposta foi “desproporcional”, mas Israel vê a ação como o reparo de uma janela quebrada.

As Forças de Defesa de Israel (IDF) informaram que os disparos sírios atingiram áreas abertas e que nenhum dano foi registrado. Acontece que estamos em pleno verão, no início da temporada das férias escolares, e há centenas de civis israelenses, judeus e árabes, reunidos nas Colinas de Golan para caminhadas e colheita de frutas. A estes foi pedido que mantenham-se afastados da fronteira.

Se por um lado o governo pede cautela aos seus cidadãos, por outro as Forças Armadas mostram os seus dentes. Numa declaração divulgada, fontes militares dizem que “as IDF veem com severidade e não tolerará qualquer tentativa de prejudicar a soberania do Estado de Israel ou a segurança de seus moradores e considera o regime sírio como responsável pelo que está acontecendo em seu território “.

A RESPOSTA ISRAELENSE AOS ATAQUES DA SÍRIA

Os meios de comunicação militares sírios, controlados pelo regime de Bashar al Assad, alegaram que as tropas sírias e seus aliados repeliram um ataque de rebeldes nos arredores da cidade de Baath, que fica próxima às Colinas de Golan, e acusaram a IAF de dar cobertura aos rebeldes, apoiando-os com um helicóptero.

Não há nenhum fundo de verdade nesta suposta denúncia do governo sírio. Há cerca de 7 anos Israel vem-se mantendo afastado da guerra civil que devasta o país vizinho e o governo israelense não se envolve nas hostilidades, a não ser quando, por dever humanitário, socorre algum civil ferido que consegue ultrapassar a fronteira.

Agora, o fato de estar neutro não significa dizer que Israel está inerte. Se Israel permitir que as rusgas sírias ultrapassem a fronteira, a situação pode atingir níveis perigosos. Israel não pode-se dar ao luxo de correr este risco.

Se uma janela for quebrada, Israel a reparará de imediato. E se os sírios tiverem juízo, pararão com as hostilidades, pois a vidraçaria israelense é muito grande.

ANDS | IDF | YNET | HAARETZ

Anúncios

Responses

  1. Isto deveria ser adotado no brasil em relacao a corrupcao ,vandalismo,roubos
    Parabens israel

  2. Republicou isso em jesusavedme.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: