Publicado por: noticiasdesiao | 13 de outubro de 2016

BOB DYLAN É NOBEL DE LITERATURA

É MAIS UM JUDEU A RECEBER O MAIS IMPORTANTE DE TODOS OS PRÊMIOS DO MUNDO

bob-dylan-jew
O Nobel de Literatura de 2016 com talit e tefilin

Bob Dylan é o vencedor do prêmio Nobel da Literatura 2016, “por ter criado novas expressões poéticas na tradição da canção americana”. O anúncio foi feito esta quinta-feira pela Academia Sueca, em Estocolmo. “É um poeta maravilhoso”, justificou a secretária permanente Sara Danius. É a primeira vez que o Nobel é entregue a um compositor.

Apesar de Bob Dylan ser presença habitual nas listas que tentam adivinhar qual será o vencedor, é uma escolha que pode ser polêmica, sobretudo porque a carreira de Robert Allen Zimmerman — verdadeiro nome de Dylan — é sobretudo musical. O judeu norte-americano de 75 anos merece o Nobel porque “é um grande poeta”, capaz de se “reinventar” ao longo de 54 anos de carreira, justificou Sara Danius. Sobre se antecipa críticas à escolha da Academia, respondeu simplesmente um “espero que não.”

Para quem só agora quer começar a ouvir as suas canções ou a ler os seus livros, Sara Danius aconselhou Blonde on Blonde, sétimo disco do norte-americano, de onde saíram canções como “Stuck Inside of Mobile with the Memphis Blues Again” ou “Just Like a Woman”. Um bom exemplo “da sua forma brilhante de rimar”, acrescentou a secretária, que a cada pergunta sobre a carreira musical de Dylan tenta incluir na conversa os dotes poéticos do laureado.

Quem pesquisar livros da sua autoria tem mais probabilidade de encontrar obras escritas sobre o músico e compositor. O primeiro livro que publicou, em 1971, chama-se Tarantula e é um misto experimental entre prosa e poesia.

Mas o livro mais popular do músico provavelmente seja “Crônicas: Volume Um”, lançado em 2004. Primeira parte das memórias do autor de “Like a Rolling Stone”, a ideia era que a autobiografia tivesse mais volumes. Mas Dylan nunca mais publicou um segundo volume. É através destas páginas que o leitor fica sabendo que Robert Allen Zimmerman, nascido a 24 de maio de 1941 no Estado americano do Minnesota, numa América onde a segregação racial era a realidade do dia-a-dia, começou a escrever poemas com dez anos de idade. E que aprendeu sozinho a tocar piano e guitarra.

ANDS | OBSERVADOR

Anúncios

Responses

  1. Sabe, Roberto, que assisti uma matéria no Jornal da Globo, que ele havia se tornado cristão, mas percebi um tom de crítica.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: