Publicado por: noticiasdesiao | 26 de julho de 2016

PADRE DEGOLADO

ESTADO ISLÂMICO ATACA IGREJA CATÓLICA. E AGORA, FRANCISCO?!

Saint-Étienne-du-Rouvray
Agentes anti-terror dispostos diante da igreja de Saint-Étienne-du-Rouvray

Dois homens armados com facas fizeram esta manhã cinco reféns numa igreja, perto de Rouen, na Normandia, no norte de França. Os dois homens entraram na igreja de Saint-Etienne de Rouvray, durante uma missa, por volta das 10h, e mantiveram reféns durante 40 minutos. O presidente francês, François Hollande, já se encontra no local.

O padre da igreja assaltada foi degolado pelos assaltantes. Um dos reféns, de acordo com um porta-voz do ministro do Interior, está “entre a vida e a morte”. Este refém é uma mulher idosa, possivelmente uma freira, informaram fontes policiais.

O porta-voz do ministro do Interior já confirmou que os dois atacantes foram abatidos após terem saído da igreja. Além do padre e da freira ferida, encontravam-se no local mais uma freira e dois outros fiéis daquela comunidade. O alarme foi dado por uma terceira freira que conseguiu escapar.

De acordo com a imprensa local, a operação contou com vários bombeiros e com policiais das forças de intervenção, incluindo a brigada de minas e armadilhas, que está verificando neste momento se existem bombas, tanto no interior como no exterior do edifício.

A polícia fechou as ruas adjacentes, e estiveram no local várias ambulâncias e outros meios de socorro. Um jornalista da RTL informou que os agentes deslocados para a região estão voltando para suas bases, uma vez que a situação já está sob controle.

Por sua vez, o Papa Francisco juntou-se ao luto. “Estamos particularmente impressionados pelo fato desta violência ter acontecido numa igreja, um lugar sagrado”, diz o comunicado do Vaticano. Francisco condenou, “da forma mais radical”, o “bárbaro assassinato de um sacerdote”.

Nos últimos anos, tanto o Vaticano como o próprio papa, vêm conduzindo processos de aproximação do Islamismo com o Catolicismo. Como tornou-se lugar-comum nos meios politicamente corretos, Francisco tem insistido que “o Islã é uma religião de paz”.

Agora que o terror chegou aos seus átrios, resta-nos esperar qual será a postura do papa e do Vaticano em relação ao pretenso “diálogo inter-religioso”.

ANDS | OBSERVADOR | REUTERS | RTL

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: