Publicado por: noticiasdesiao | 21 de março de 2016

VÍDEO MOSTRA JUDEUS IEMENITAS CHEGANDO EM ISRAEL

AÇÃO DE RESGATE FOI EXECUTADA SECRETAMENTE

Dada a ousadia da ação, talvez um dia se faça um filme sobre esta operação.

Yemenite Jew with Torah
Saliman Dahari desembarcou em Israel sobraçando uma Torah de 800 anos.

Israel resgatou hoje dezenove judeus do Iêmen, um país em guerra, em uma “operação complexa e secreta”, anunciou o governo de Benjamin Netanyahu. A operação, que terminou na madrugada desta segunda-feira, 21, tinha o objetivo de resgatar os últimos integrantes da comunidade judaica do Iêmen, uma das mais antigas do mundo.

“Um dia talvez façamos um filme sobre isso. Estamos falamos de uma operação secreta, executada em um ambiente hostil. Não é fácil retirar [de um país] pessoas que são visível e abertamente judias”, disse Yigal Palmor, diretor de comunicação da Agência Judaica de Israel, órgão do governo israelense responsável pela imigração e que fez o comunicado da operação.

Palmor, no entanto, se recusou a revelar mais detalhes, desta operação que exigiu “vários meses” de preparação. Os resgatados foram levados de ônibus do aeroporto de Tel Aviv para um centro de imigrantes em Beersheva.

O Presidente da Agência Judaica, Natan Sharansky, disse que “este é um momento significativo na história de Israel e na história da imigração para Israel. Desde a Operação Wings of Eagles até hoje, a Agência Judaica vem ajudando judeus iemenitas a chegar à Terra Santa.”

A Operação, que em hebraico chamou-se Kanfei Nesharim e era também conhecida como Operação tapete Mágico, foi um esforço concentrado da Agência Judaica que entre Junho de 1949 e Setembro 1950 levou 49.000 judeus iemenitas para o recém fundado Moderno Estado de Israel.

Na operação ontem concluída, 17 novos imigrantes foram resgatados, sendo que entre eles estava Saliman Dahari, o rabino da comunidade.

Dahari desembarcou em Israel acompanhado da esposa e dos pais trazendo com ele um rolo da Torah que tem cerca de 800 anos. Trata-se de uma Torah escrita em pergaminho de couro e que foi preservada pela comunidade judaica iemenita durante séculos.

Não foi um sequestro, mas sim um resgate. Os operacionais envolvidos na missão davam a oportunidade dos resgatados optarem se queriam ir ou não para Israel. Surpreendentemente, algumas famílias preferiram permanecer no país em guerra. Uma prova de que são de fato judeus, pois este é um povo obstinado em seus propósitos.

ANDS | VEJA | JOL

Anúncios

Responses

  1. Parabens ao povo hebreu


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: