Publicado por: noticiasdesiao | 5 de janeiro de 2016

MULHER DE NETANYAHU INTERROGADA

Sara Netanyahu

BRASILEIROS, OBSERVEM E APRENDAM.

Sara Netanyahu, esposa do primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu, foi interrogada pela polícia de Israel pois sobre ela recai a suspeita de ter utilizado dinheiro do contribuinte em obras da sua residência.

O interrogatório da Sra. Netanyahu estendeu-se por 5 longas horas.

A investigação baseia-se nas conclusões de um relatório emitido em fevereiro do ano passado pela Controladoria do Estado, que constatou que Sara Netanyahu “possivelmente” teria utilizado financiamento estatal para pagar despesas privadas em residências da família nas cidades de Cesareia e Jerusalém.

Os até agora “supostos” pagamentos incluem os honorários de um eletricista, que fez um trabalho numa casa que os Netanyahu têm na cidade litorânea de Cesareia, e a compra de cadeiras e mesas para o jardim da casa, que está sob os cuidados do pai de Sara Netanyahu.

A polícia interrogou o eletricista, também membro do Likud, o mesmo partido de Netanyahu, que recebeu o equivalente a US$ 2.500 pelo trabalho.

O relatório da Controladoria do Estado afirma que o conjunto de mobiliário encontrado na casa ds Netanyahu é muito semelhante ao da residência oficial do primeiro-ministro, o que levantou a suspeita de terem sido adquiridos com dinheiro do contribuinte.

Está também sob investigação a possibilidade da Sra. Sara Netanyahu ter gasto NIS 4,000 (quatro mil shkalim), o equivalente a pouco mais de 1.000 dólares, numa compra pessoal, que teria sido paga com dinheiro público.

A Sara Netanyahu e seus advogados têm negado veementemente qualquer irregularidade nas compras e despesas auditadas.

As acusações contra a esposa do primeiro-ministro e o severo interrogatório a que foi sujeita mostra que em Israel ninguém está acima da lei e que a velha máxima romana é mais exigida do que nunca: “À mulher de César não basta ser honesta, ele tem que ter cara de honesta”.

Suha Arafat

A DIFERENÇA ENTRE SARA E SUHA

Já na Cisjordânia, ou seja, do outro lado da “Cerca de Proteção”, que os esquerdistas chamam de “Muro”, o filho do presidente da Autoridade Palestina tornou-se, da noite para o dia, um empresário milionário e a fortuna de Suha Arafat (imagem acima), viúva do ex líder palestino Yasser Arafat, ultrapassa a casa dos 1 bilhão e meio de dólares.

Enquanto isso, o governo brasileiro ataca Israel e defende os Palestinos. Não só defende como manda para eles milhões de dólares em “doações humanitárias”. Por que será?!

Anúncios

Responses

  1. Republicou isso em jesusavedme.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: