Publicado por: noticiasdesiao | 23 de novembro de 2015

ISLAMISMO DEIXA A EUROPA ACUADA

CINEMAS BRITÂNICOS REJEITAM PASSAR ANÚNCIO COM O “PAI NOSSO”

Just Pray
Cena da propaganda censurada

As três principais cadeias de cinema britânicas rejeitaram passar um anúncio da Igreja de Inglaterra, que contém a citação da Oração do Pai Nosso. A direção dessas cadeias de cinema consideraram que a oração “pode ser ofensiva para algumas pessoas”.

O anúncio estava previsto para ser veiculado antes da projeção de “Guerra das Estrelas: o Despertar da Força”, o novo filme da famosa saga com estreia marcada para 18 de Dezembro.

A Cinema Advertising Authority e da British Board of Film Classification, órgãos que regulam a área dos cinemas do Reino Unido, já haviam autorizado a veiculação da publicidade, mas as cadeias Odeon, Cineworld e Vue – que controlam 80% das salas de cinema em todo o país – defendem que o anúncio em questão pode “desagradar ou ofender os expectadores”.

O anúncio tem por objetivo promover o novo site da Igreja da Inglaterra entre os britânicos. Para isso, o vídeo mostra todo o tipo de pessoas, desde crianças a oficiais da polícia, a repetir aquela que é uma das orações cristãs mais emblemáticas, o Pai Nosso.

A Igreja da Inglaterra já emitiu um comunicado no qual diz não entender a lógica por trás de uma decisão que pode causar até um “efeito inibidor da liberdade de expressão”.

Para o porta-voz da Igreja, esta é uma decisão “patética” e portadora de uma mentalidade que deve ser alterada.

“O Pai Nosso é repetido por milhares de milhões de pessoas em todo o mundo todos dos dias e neste país faz parte do quotidiano há séculos. A oração permeia todos os aspectos da nossa cultura, desde as canções pop e às reuniões diárias e comemorações nacionais. Para milhões de pessoas no Reino Unido, a oração é uma constante parte da sua vida quer como parte do Dia de Ação de Graças e restantes celebrações quer como uma companhia nas horas mais negras”, disse Arun Arora, porta-voz da igreja.

O anúncio foi rejeitado pela Digital Cinema Media, empresa responsável por colocar publicidade nas três grandes cadeias britânicas, devido à existência de uma “política que não deixa passar anúncios ligados a crenças pessoais e especificamente que estejam relacionados com política ou religião”.

“As pessoas deviam visitar o site, ver o anúncio e decidir por elas próprias se o conteúdo pode ser considerado perturbador ou ofensivo”, concluiu Arun Arora.

ASSISTA A PROPAGANDA CENSURADA

ANDS | GUARDIAN | ZAP

Anúncios

Responses

  1. Dizem não para Deus e quando sofrem as consequências o culpam por suas próprias escolhas equivocadas.
    As consequências são nefastas!

  2. […] JUDAÍSMO E CRISTIANISMO NÃO, ISLAMISMO SIM. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: