Publicado por: noticiasdesiao | 3 de julho de 2015

TRAGÉDIA GREGA

COMO A GRÉCIA ENTERRA O SEU FUTURO

“Abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem” (Gênesis 12.3).

Greek Tragedy
Grego passa diante de outdoor que apela a votar no SIM no plebiscito de domingo

No próximo domingo, 05, os gregos decidirão, através de plebiscito, se a Grécia continua ou não na Zona Euro. O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras apelou a população para votar “não” na consulta popular. O objetivo da sondagem é saber dos gregos se eles concordam ou não com as medidas de austeridades impostas pela União Europeia. Na prática, os gregos dirão se querem ou não continuar fazendo parte da Zona Euro e da União Europeia também. As últimas pesquisas indicam um equilíbrio entre os eleitores, com ligeira vantagem para o “sim”. 47,1% apoiam a permanência e 43,2% dizem querer a volta do Dracma como moeda do país.

Paralelo a isso, uma pesquisa recente da organização internacional Liga Anti Difamação, cuja sigla em inglês é ADL, revelou que a grande maioria dos gregos continua a ter pontos de vista extremamente antissemitas, na contra-mão do restante da Europa onde as atitudes hostis apresentaram uma ligeira queda. A Liga Anti Difamação foi fundada em 1913 e é a primeira organização do mundo a lutar contra o antissemitismo através de programas e serviços que procuram despertar consciências contra o ódio, o preconceito e a intolerância contra os judeus.

70% DOS GREGOS ALIMENTAM ATITUDES ANTISSEMITAS

anti semitism greek
O neonazismo vem crescendo de forma assustadora em toda a Grécia

De acordo com os resultados da pesquisa, 67% dos gregos alimentam atitudes antissemitas, um número que representa uma queda quase que imperceptível, uma vez que no ano passado o percentual era de 69%. A pesquisa apontou ainda que nove em cada dez gregos (90%) acreditam que os judeus têm “muito poder no mundo dos negócios”, e 85% deles acreditam que os judeus têm “muito poder nos mercados financeiros internacionais”.

No que diz respeito ao comportamento judaico, 70% dos gregos acham que os judeus falam “muito sobre o Holocausto”; 25% acredita que o número de judeus mortos na Segunda Guerra Mundial tem sido “muito exagerado”; 33% responsabiliza os judeus “pela maior parte das guerras no mundo” e 51% acredita que os judeus “só se preocupam com eles mesmos.”

Embora não consigam definir bem o que vem a ser “comportamento judaico”, quase metade da população grega (41%) acredita que os judeus são odiados por causa “da maneira como se comportam”.

Quando a ADL apresentou aos entrevistados uma lista com 11 estereótipos negativos sobre os judeus a maioria esmagadora dos gregos responderam que pelo menos 6 deles era “provavelmente verdade”.

No cair da tarde do próximo domingo o mundo saberá se a Grécia continuará ou não usando o Euro como moeda ou fazendo parte da União Europeia, mas pelos números apresentados na pesquisa realizada pela ADL, e levando-se em consideração a máxima bíblica de Gênesis 12.3, a tragédia grega parece estar longe do fim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: