Publicado por: noticiasdesiao | 9 de junho de 2015

MILAGRE ARQUEOLÓGICO

SEMENTE DE 2000 ANOS GERMINA EM ISRAEL

Em Israel as surpresas arqueológica brotam por todos os lados. Literalmente.

Methuselah Tree from Masada  Israel

Em 1973 o arqueólogo israelense Ehud Netzer, da Universidade Hebraica de Jerusalém, explorava a Fortaleza de Massada quando descobriu um pote cheio de sementes que imediatamente passou para o arqueólogo botânico Mordechai Kislev, da Universidade Bar-Ilan, de Tel Aviv.

As sementes pertenciam a espécime rara de tamareiras Phoenix Dactylifera, uma árvore comum na Judeia dos tempos de Cristo e que era conhecida por suas riquíssimas propriedades medicinais. A Phoenix Dactylifera foi extinta há mais de mil anos.

Ancient Seed IsraelO arqueólogo botânico levou as sementes para o seu escritório e as manteve fechadas em uma gaveta por 31 longos anos, pois achava impossível que as mesmas pudessem germinar.

Em 2004, Mordechai Kislev mostrou as sementes à Dra. Sarah Sallon, diretora do Centro de Pesquisas de Medicina Natural Louis L. Borek do Hospital Hadassah de Jerusalém, que sugeriu entrega-las à Dra. Elaine Solowey, uma especialista em ervas medicinais em vias de extinção, diretora do Centro de Agricultura Sustentável do Kibbutz Ketura, situado no extremo sul de Israel.

“O que você quer que eu faça?”, perguntou-lhe Solowey ao ver as sementes. “Quero que as faça Germinar”, respondeu-lhe Sallon. “Você quer que eu faça o quê?!” exclamou Solowey.

O desafio estava lançado. Solowey, que é diretora do pomar experimental do Kibutz Ketura, no extremo sul de Israel ficou fascinada por ter em mãos sementes tão raras.

Methuselah Tree IsraelSe para Solowey o fascínio estava na história da semente, para Sallon o interesse era mais amplo. “As plantas medicinais desta região são muito importantes, porque eles são historicamente mencionadas na Bíblia”, afirmou Solowey enquanto, por sua vez, Sallon disse que a possibilidade de trazer à vida essa árvore extinta pode ser a chave para a compreensão de antigas técnicas de cura.

“Quando olhamos para as fontes antigas e alguns textos hebraicos vemos que esta tamareira era utlizada para diversos tipos de tratamento, desde problemas pulmonares, tuberculoses e disenterias, até mesmo algumas doenças similares ao câncer”, afirmou. “Para nós [uma tamareira pode representar] só um alimento, mas na verdade não se trata apenas de uma comida”, concluiu a especialista.

Em 2004, mediante um rigoroso processo científico, as sementes foram plantadas e um ano depois uma delas germinou. Fez-se o milagre!

ÁRVORE MATUSALÉM

Methuselah Tree from Masada  Israel

Apelidada de “Árvore Matusalém”, a tamareira foi crescendo e hoje, dez anos depois, já passa dos 4 metros de altura.

As Phoenix Dactyliferas eram espécies de tamareiras comuns na Judeia da época de Cristo e as sementes de Massada foram encontradas em salas de armazenamento, supostamente estocadas pelos judeus que resistiam aos romanos no cerco à Massada.

A datação efetuada pelos testes de carbono revelou que as datam justamente do período em que se deu ou cerco, ou seja, são do início dos anos 70 d. C.: “Elas foram enterradas sob montes de detritos na parte superior do sítio arqueológico”, afirmou Sallon à revista LiveScience.

Testes genéticos indicam que as sementes da Árvore Matusalém estão estreitamente relacionadas a uma antiga variedade de tamareira existente no Egito, conhecidas como Hayany. Essa informação encaixa-se perfeitamente nos relatos de uma antiga tradição judaica segundo a qual as crianças que saíram do Egito durante o Êxodo trouxeram consigo algumas sementes de frutas.

Lamentavelmente, Ehud Netzer, o arqueólogo responsável pela descoberta das sementes, não poderá ver os frutos do seu achado, pois faleceu a 28 de outubro de 2010 em decorrência da queda em um sítio arqueológico. Tinha 76 anos.

APOIO CULTURAL E BRINDE ESPECIAL E ÚNICO

À partir da próxima semana, o NOTÍCIAS DE SIÃO estará acompanhando um grupo de brasileiros que farão um curso de Arqueologia Bíblica em Israel. Esperamos fazer a cobertura do dia-a-dia dessa expedição ao mesmo tempo em que compartilharemos curiosidades arqueológicas da Terra Santa.

Roberto KedoshimPRECISAMOS DO TEU APOIO – Apoie essa viagem CONTRIBUINDO com o NOTÍCIAS DE SIÃO. Mantemos esse blog há 5 anos com recursos próprios, sem publicidades, tendo por objetivo mostrar-lhes que Israel é bem mais do que estamos acostumados a ver, ouvir ou ler na mídia, mas para essa viagem precisamos do seu apoio. DEPOSITE qualquer quantia na Conta Corrente abaixo indicada, envie-nos o seu endereço e a indicação do valor depositado e receba em sua casa uma EXCLUSIVA FOTOGRAFIA AUTORAL, numerada e autografada, com um cenário arrebatador de Israel. Temo-nos esmerado em produzir o melhor conteúdo sobre Israel e contamos com seu apoio nesse momento em que iremos produzir um dos melhores arquivos de dados de todos esses 5 anos de atividades. CONTAMOS CONTIGO!

VERÔNICA M. VASCONCELOS SANTOS
Banco do Brasil – Agência 1702-7
Conta Corrente 8230-9

PARA RECEBER A FOTOGRAFIA AUTORAL envie mensagem para robertokedoshim@hotmail.com
FORA DO BRASIL: Se moras fora do Brasil, entre em contacto conosco através do mesmo e-mail.

Anúncios

Responses

  1. Roberto
    parabens por esta linda reportagem, de fato é um milagre e é emocionante saber dessas coisas ocorridas em Israel, onde há muitas surpresas a serem reveladas, muitas…quem viver verá !
    shalom
    ZeClaudio


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: