Publicado por: noticiasdesiao | 18 de março de 2015

DEMOCRACIA ISRAELENSE

AS ELEIÇÕES ISRAELENSES SÃO DIFERENTES DAS ELEIÇÕES EM ISRAEL

Há dois tipos de eleições em Israel. Existem as eleições regulares promovidas pelo Estado de Israel e aquelas que acontecem esporadicamente em outras partes da Terra de Israel. Conheça as diferenças.

Arab women voting in Israel
Mulher árabe vota nas eleições israelenses enquanto soldados soldados judeus apenas observam

COMO FORAM ESSAS ELEIÇÕES EM ISRAEL

Nas eleições legislativas desta terça-feira, 17, em Israel um dos grandes vencedores foi a Lista Conjunta, um grupo de partidos árabes israelenses que obtiveram um resultado histórico e tornaram-se a terceira força política do Estado de Israel. Segundo pesquisas de boca de urna, a Lista Conjunta Árabe conseguiu treze assentos no Knesset, o que lhes permitirá ter voz cada vez mais ativa no Parlamento de Israel.

Agora, o objetivo é claro dos árabes é fazer todo o possível para dificultar a formação de um governo dirigido pelo vencedor, Benjamim Netanyahu.

Na manhã desta quarta-feira, as agências noticiosas dão conta que o líder da Lista Conjunta, Ayman Odeh, afirmou que o seu povo “nunca quebrou uma promessa e obteve o maior aumento na percentagem de votos dos últimos 15 anos. Isso é um feito considerável”. Odeh disse que a sua formação “é a surpresa destas eleições, tornando-se na terceira força do Parlamento, e vai evitar que os partidos de direita formem o próximo governo”.

A Lista Conjunta de Odeh conseguiu mobilizar os árabes israelitas, que normalmente optam pela abstenção, e agora acenam com propostas de diálogo com os opositores de Netanyahu, a União Sionista de Isaac Herzog e o Hatnuah, de Tzipi Livni.


Eleitora árabe passando diante de propaganda política árabe. Não, isso não aconteceu em nenhum país árabe do Oriente Médio, mas sim em Israel!

COMO SÃO AS ELEIÇÕES NA PALESTINA

Em Israel, a única democracia de todo o Oriente Médio, onde eleições livres acontecem regularmente, a vida é assim: judeus e árabes convivem, votam e até governam juntos. Há em Israel 33 partidos políticos – judaicos e árabes – e quando as eleições terminam a paz reina e até mesmo árabes e judeus podem fazer coligações.

Mas, atravessemos a fronteira e vejamos como as coisas funcionam na espúria Palestina.

Na Faixa de Gaza e na Cisjordânia os árabes fazem de tudo para que nenhum judeu possa lá viver. Governar juntos? Impossível, pois 9 partidos políticos e todos são árabes xenófobos. O Hamas e o Fatah polarizam as atenções e quando as eleições terminam reina a mais profunda confusão.

Em janeiro de 2006, depois de 10 anos sem eleições, o Hamas venceu a corrida para o Parlamento Palestino ganhando, por uma margem percentualmente mínima, 76 dos 132 assentos. Após a proclamação dos resultados violentos conflitos estouraram na Faixa de Gaza e o partido vencedor expulsou o partido perdedor que abrigou-se no lado oposto da fronteira, na Cisjordânia.

Um banho de sangue começou a correr pelas ruas da Faixa de Gaza ainda no decorrer das “comemorações”, quando 12 palestinos morreram e mais de 100 ficaram feridos. Nos meses que se seguiram aconteceu a famosa “Batalha de Gaza” entre as forças do Fatah e do Hamas. Os números finais, como aliás quase tudo entre eles, nunca foram conclusivos. Segundo estimativas da Cruz Vermelha Internacional, pelo menos 116 pessoas morreram e mais de 550 foram feridas.

Palestinians after elections
Palestinos atacam palestinos depois das eleições palestinas

Jews and Arabs celebrate democracy
Judeus e árabes festejam depois das eleições israelenses

A FOTO DO ANO

Árabe israelense segue para o local de votação com a bandeira de Israel numa mão e o adesivo da campanha de Benjamin Netanyahu no peito. Isso é Israel!

Arab voter netanyahu

Anúncios

Responses

  1. Não tenho palavras, pois fico muito emocionada ao ver que fatos assim ocorrem em Israel! Amo essa nação com toda a minh’alma!

  2. EU AMO SUAS PALAVRAS, CARO IRMÃO ROBERTO, VOCÊ ME FAZ VIBRAR DE MUITA EMOÇÃO. MEU MARIDO AQUI AO MEU LADO, VIBROU MUITO TAMBÉM COM SUA BELÍSSIMA E EMOCIONANTE REPORTAGEM!!! SIMPLESMENTE EDIFICANTE!!! SIMPLESMENTE EDIFICANTE!!! TODAH!! TODAH!!! SEJAM MUITAS BENÇÃOS SOBRE TI E TODA SUA FAMILIA PRECIOSA!!! AINDA NOS VEREMOS AÍ, EM PORTUGAL LINDO!!!

  3. Caro irmão Roberto, agradeço muito a Deus por a cada período de tempo você tem nos mantido atualizados sobre os bastidores de Israel. Tenho me edificado com os seus artigos, continue a fazer aquilo que sabe fazer melhor, aonde quer que seja em Portugal ou em Israel, como desejares continue a nos abençoar. Abraços Pr.Hércules, São Gonçalo do Amarante/Ce.

  4. […] As eleições da semana passada em Israel foram marcadas pelas propagandas políticas em diversos outdoors, panfletos, cartazes, jingles e vídeos. Tudo o que é comum nas eleições democráticas de qualquer lugar do mundo esteve presente nas eleições onde Benjamin Netanyahu saiu-se vencedor. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: