Publicado por: noticiasdesiao | 20 de novembro de 2014

AMI HOROWITZ

ISRAEL É MAIS PERIGOSO DO QUE O ISIS E O CIGARRO

Experiência comprova: Israel é mais perigoso que o Estado Islâmico e o cigarro, juntos. Pelo menos para os estudantes e intelectuais de uma reputada e mundialmente reconhecida universidade.

Ami Horowitz com bandeira do ISIS
Bandeira do Estado Islâmico pode, bandeira de Israel e cigarro não!

O diretor e produtor norte-americano Ami Horowitz resolveu fazer uma experiência sui generis. Armou-se de uma bandeira do grupo Estado Islâmico, aquele movimento terrorista que vem cortando cabeças de jornalistas e cidadãos ocidentais, e foi para o campus da Universidade de Berkeley, na Califórnia.

Durante vários minutos Horowitz acenou a bandeira e gritou frases de apoio ao grupo terrorista. Diante dele desfilou dezenas e dezenas de alunos e professores e ninguém o recriminou.

“Por que a América nos bombardeia?”, indaga o homem diante da passividade dos jovens estudantes. Um deles passa ao seu lado e deseja-lhe “boa sorte” na campanha.

Sentindo-se encorajado, Horowitz grita: “O ISIS é incompreendido. Nós apenas queremos o nosso próprio Estado!” ISIS é a sigla ao abrigo da qual uma massa de fanáticos reivindica a instauração de um Estado Islâmico que tomaria todo o Oriente Médio e boa parte da Europa, um Estado onde os “infiéis” não poderiam botar os pés. A defesa de uma bandeira que prega o fim das liberdades em boa parte do mundo foi apresentada no coração de um centro de formação do pensamento livre e ninguém disse nada!

Resolvendo testar o nível de tolerância dos universitários de Berkeley, Horowitz acende um cigarro. Na mesma hora aproxima-se um jovem, aponta para a mão em que está o cigarro e recriminou-o, dizendo que não se pode fumar no campus. Quanto à bandeira do grupo terrorista que está na outra mão, nenhuma palavra.

Para terminar a inusitada experiência, Horowitz guarda a bandeira do ISIS e passa a balançar uma bandeira de Israel. Agitação total no campus!

Palavrões irrompem por todos os lados com insultos que não vou aqui traduzir. “Todo mundo sabe que você está errado”, atira um jovem. “Todos em Israel são assassinos”, grita outro. “Vocês estão matando crianças”, acusa um terceiro.

“Você não acha que o Hamas é uma organização terrorista”, indaga Horowitz a um jovem que o insulta. “Não, realmente não” é a resposta. “Você é um doente!”, conclui o insultador.

Em sua página na Internet Horowitz, que mantém um quadro crítico na Fox News, escreveu:

“Eu sempre achei que não havia nenhuma ligação entre inteligência e sabedoria. [Foi para] colocar essa teoria à prova que eu fui para a Universidade de Berkeley. Os estudantes de Berkeley são claramente intelectuais, pois trata-se de uma das universidades mais prestigiosas e seletas do país. Mas, são eles sábios? Fui para o campus armado com uma bandeira que representa o maior mal conhecido nos dias de hoje, o ISIS, e [e cheguei à conclusão que] se estes são os nossos melhores e mais brilhantes jovens, nós só podemos ter medo, muito medo, daquilo que está por vir. [Minha experiência] comprova, uma vez por todas, que não há, de fato, nenhuma ligação entre inteligência e sabedoria”, concluiu o diretor.

Assista o vídeo que retrata um resumo da experiência e responda: Você concorda com as conclusões de Horowitz? Seria diferente se a mesma experiência fosse realizada em Portugal, no Brasil ou em qualquer outro país “civilizado” do ocidente?

Anúncios

Responses

  1. Em qualquer país do ocidente, o resultado seria o mesmo. O relativismo moral ocidental (pela qual condena qualquer deslize de um dos seus, mas aceita qualquer barbárie de outra cultura por que é “cultural”), e o politicamente correto (onde fica-se com besteiras como “nem todos são fanáticos”, “não devemos generalizar”, para descrever culturas que querem nosso fim) estão, lentamente, enfraquecendo as bases dessa civilização, fazendo-nos perdermos nossas culturas e tradições, e deixando brechas para que outra, mais firme, a tome. É isso que levará o ocidente a bancarrota, como já levou quase todas as outras civilizações que chegaram ao auge antes dela.
    Esses jovens dessa universidade apenas seguem esse padrão lamentável. Falam contra Israel, pois é ocidental e por isso não tem direito de errar, enquanto não se importam com os erros dos outros, pois é a cultura deles e “não quero ser chamado de racista” (nesse último exemplo vide o caso das mil e poucas crianças abusadas por islâmicos na Inglaterra, que saiu esses dias).
    Como disse o ex-Primeiro ministro espanhol José María Aznar: (…) nosso declínio inexorável agora se torna eminente.

    • Excelente comentário, Picoli. Serve como complemento às palavras do sr. Horowitz.

  2. Eu acredito que não faria muita diferença dentro de um ambiente de intelectuais.

  3. O FATO É QUE ESTAMOS PERDIDOS. A SOCIEDADE MUNDIAL, NUNCA ESTEVE TAO IMORAL, CORRUPTA E SEM PRINCÍPIOS ÉTICOS. O QUE PODEMOS ESPERAR NOS PROXIMOS ANOS.

  4. A Paz do Senhor Jesus Cristo a todos!

    Falo aqui com a autoridade de quem está sendo processado, aqui no Brasil, por ter escrito minha opinião em setembro de 2012 que o Brasil corre perigo com o crescente aumento dos muçulmanos no Brasil, pois já foi comprovado pela própria Polícia Federal que no Brasil há grupos terroristas. E como saberemos discernir entre os mais de 2 milhões de muçulmanos em mais de 90 mesquitas quem são e quem não são os tais “radicais”?

    No que diz respeito ao Brasil, a resposta a sua pergunta seria sim, pois o próprio governo é contra Israel e a favor dos terroristas, e ainda querem fazer parceria com eles, palavra do próprio ex-presidente Lula em um programa de 2009 chamado: Café com o Presidente.

    Logo logo as profecias de Ezequiel 38 irão se cumprir.

    Louvado seja o Deus de Israel!

    André M. dos Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: