Publicado por: noticiasdesiao | 19 de novembro de 2014

MOSTRAR OU NÃO MOSTRAR OS SEUS MORTOS

O DILEMA ISRAELENSE

Se Israel não mostra o que eles fizeram, eles mostram dizendo que foi Israel quem fez.

Funeral Judaixo X Funeral Palestino
Recolhimento, discrição e dor de um funeral judaico em oposição ao sensacionalismo, ao espetáculo e ao ódio de um funeral palestino.

Um dos maiores dilemas do Estado de Israel, dos seus governantes e do seu povo, é definir a forma de como lidar com as suas perdas. Não que Israel, seus governantes e seu povo não saibam como lidar com a morte, o problema está na brutal distância existente entre a ética judaica e a ética árabe. Os judeus respeitam os seus mortos, realizam funerais sóbrios e sofridos, acompanhados de um posterior Shiv’ah, introspectivo e recatado, os seus inimigos fazem da morte um espetáculo. Desfilam com seus mortos pelas ruas, expõem cadáveres e destroços da forma mais encenada possível. Essa teatralidade toda acaba por passar à opinião pública mundial a errônea ideia de que o povo que mais sofre no Oriente Médio é o autodenominado povo palestino. Nada mais falacioso, nada mais falso, nada mais difícil de se lidar.

Após a tragédia desta manhã em Jerusalém, os jornais israelenses optaram por mostrar a crueldade dos acontecimentos, mesmo que a custa de muita dor. Mostraram que mais de uma dezena de religiosos, que encontrava-se estudando e rezando dentro de uma sinagoga, foi covardemente atacados por terroristas impiedosos. Esta é a verdade. Foi exatamente isso o que aconteceu. E Israel foi obrigado a quebrar sua tradição de não expor os seus mortos para que o mundo pudesse tomar conhecimento, uma vez mais, da brutalidade dos seus inimigos.

Mesmo Israel mostrando que as únicas armas disponíveis na sinagoga eram os livros de oração, circula pelos web-sites árabes uma charge a sugerir, de forma hipócrita e caluniosa, que dois palestinos, devidamente transformados em heróis injustiçados, armados apenas com facas, enfrentaram impiedosos judeus, fortemente armados, e que mesmo assim os venceram.

Cartoon glorifica terroristas

Se mesmo Israel mostrando a verdade dos fatos os energúmenos palestinos posaram de heróis indefesos e valorosos, imaginem vocês se Israel tivesse feito valer sua tradição e tivesse ocultado seus mortos? Sabemos que não é fácil, sabemos que dói muito mais ao judeu do que aos seus inimigos expor mortos, mas infelizmente foi necessário. Os EUA não mostraram o corpo do Osama bin Laden e até hoje passam por mentirosos. Se Israel não mostrar o que seus inimigos são capazes de fazer – e fazem! – a opinião pública mundial avançará sobre Israel com toda a força das organizações internacionais.

Expor a selvageria dos inimigos de Israel não é tarefa das mais agradáveis. Infelizmente há psicopatas que se deliciam em ver fotos macabras de corpos mutilados ou de reféns decapitados, e ao expor os acontecimentos trágicos da Terra Santa corre-se o risco de disponibilizar recursos visuais para esses doentes.

O Notícias de Sião evita utilizar fotos ou vídeos sensacionalistas, mesmo sabendo que a veiculação desse tipo de material alavancaria os pages-views do nosso blog. Ao elaborar a matéria que noticiou a tragédia da Kehilat Yaakov, nossa redação teve acesso a pelo menos 5 fotos extremamente dramáticas do interior da sinagoga, mas ao editar a reportagem optamos por utilizar apenas o recorte de uma delas. Trata-se da imagem de um Sidur ensangentado jogado no chão, sem aparecer nenhum corpo. As fotos dramáticas, por dever jornalístico, ficaram guardadas nos nossos arquivos sendo que a matéria final disponibilizou, além da foto já citada, apenas 3 outras que mostram a ação das Forças de Defesa de Israel.

Esta é a nossa forma de relatar a verdade dos fatos, de solidarizar-se com a comunidade religiosa agredida e de sofrer com o Povo de Israel.

O OUTRO LADO

Na Judeia e Samaria (momentaneamente sob ocupação árabe) houve regozijo e comemorações. Na Faixa de Gaza houve festa. Nos blogs e jornais dos países árabes charges e cartoons exaltam o feito dos “heróis” palestinos. Tudo com muita manipulação. Tudo com muita mentira. É a ética palestina em contraposição à Ética Judaica.

Cartoon glorifica terrorismo
Charge árabe, publicada hoje no Oriente Médio, exalta o terror perpetrado na sinagoga de Jerusalém

Cartoon glorifica terrorista
Charge árabe conclama os autodenominados palestinos a continuarem a carnificina e o terror contra os judeus

Anúncios

Responses

  1. Infelizmente, esse será um preço a pagar. Israel é perfeito em termos de guerra convencional, mas em “guerra midiática” está anos defasado perante os árabes. Mas o panorama está mudando. Quando comecei minha caminhada na internet e nos debates, 10 anos atrás, quando eu tinha 18 anos, seja em redes sociais ou sites de notícias, percebi que 99 % das pessoas acreditavam na “pallywood” (eu inclusive). Mas as coisas começaram a mudar, a verdade começou a aparecer, mudando minha opinião (de um fanático anti-israel, a um apaixonado por esse país) e de muitos outros. Antes eram 2 ou 3 contra dezenas em tais debates, hoje a proporção é equilibrada, e em sites de defesa, percebo que a maioria entende e apoia os métodos israelenses. Triste fico com a Europa, lá sim ainda o antissemitismo impera (ao menos online), mas ao menos aqui no Brasil, a coisa está mudando, em sua maioria pelo esforço de quem entende o panorama da região e trás as informações ao grande público. Por isso o que você e muitos outros fazem, apesar de ser triste e chocante (pois no ocidente a morte é motivo de luto, diferente dos seus inimigos), ainda é a melhor resposta a guerra midiática promovida pelos árabes. É triste, sim, mas necessário.

  2. Excelente texto. Quem foi o autor?

    • O diretor do blog, jornalista Roberto Kedoshim.

  3. NÃO HÁ DILEMA ALGUM! É A VIDA DO POVO JUDEU! NESTA HORA TODAS AS HALACHOT PERMITEM O QUE FOI FEITO.

  4. O POVO JUDEU VEM SENDO PERSEGUIDO A SÉCULOS. SABE MUITO BEM QUE EM SUA SITUAÇÃO ATUAL, TALVEZ SEJA A MAIS DELICADA DA HISTORIA. COM INIMIGOS FORTEMENTE ARMADOS POR TODOS OS LADOS. O QUE ELES NAO PODEM AGORA, É TER OS INIMIGOS DENTRO DE SUAS CASAS. NO MEU PONTO DE VISTA. ISRAEL SAO PARA JUDEUS E NAO PARA ARABES. ENQUANTO EXISTIR UM ARABE DENTRO DE ISRAEL A POPULAÇÃO ESTARÁ SOBE AMEAÇA.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: