ÁRABES CONTRA MUÇULMANOS

ESTADOS UNIDOS E PAÍSES ÁRABES CONTRA A AMEAÇA ISLÂMICA

John Kerry and arabians leathers

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry reuniu-se ontem na cidade saudita de Jeddah com representantes de vários Estados árabes.

No final do encontro foi anunciado o compromisso de dez estados árabes que estão dispostos a integrarem ao lado dos Estados Unidos no Iraque e na Síria a luta internacional contra o Estado Islâmico.

Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Qatar, Omã, Egito, Iraque, Jordânia, Líbano e os Estados Unidos declararam-se juntos “contra a ameaça do terrorismo, em todas as suas formas, incluindo o intitulado Estado Islâmico”.

O texto refere ainda a possibilidade de participação numa “campanha militar coordenada”.

“É uma aposta extremamente elevada. O que temos e o que apresentamos é uma proposta que pode desmoronar devido aos vários interesses dos parceiros envolvidos. Se conseguimos ultrapassar os diversos níveis de dificuldade já vai ser algo de notável”, disse Tom Sanderson, especialista em estudos internacionais.

A reunião aconteceu em Jeddah depois do Presidente norte-americano Barack Obama ter apresentado ao país um plano para combater os “jihadistas”.

Esta sexta-feira, a CIA informou que o Estado Islâmico pode dispor atualmente entre 20 mil e 31.500 combatentes na linha de frente.

Fonte: Euronews.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s