ANTISSEMITISMO NA EUROPA

JUDIA É VIOLENTAMENTE ESPANCADA NA SUÉCIA

Muçulmanos espancam judia apenas pelo fato dela usar um colar com o símbolo judaico Magen David, também conhecido com Estrela de Davi.

Anna Sjögren
Anna Sjögren, 40 anos e mãe de 4 filhos, antes e depois de ser espancada por usar a Estrela de Davi.

CENAS DE BARBÁRIE NUMA EUROPA PÓS-MODERNA

“Um dos agressores olhou-me e disse: ‘Cale a boca ou vamos matar você’”. Foi assim que Anna Sjögren, uma sueca de 40 anos, relatou o seu drama logo depois do atendimento de urgência que recebeu na última quinta-feira nas emergências de um hospital de Uppsala, Suécia. Ainda bastante traumatizada, Sjögren não conseguiu prestar queixa à polícia.

Enquanto caminhava por um dos bairros mais populosos de Uppsala, uma região onde a presença islâmica é bastante significativa, Sjögren foi avistada por uma criança muçulmana que dirigiu-se para ela. “A menina viu que eu estava usando a Estrela de David e começou a me xingar. Depois, cuspiu na minha cara”. Diante disso, Sjögren empurrou a jovem muçulmana e esta ação despoletou a violência que se seguiu.

Segundo relatou a membros do Centro Sionista Mundial de Combate ao Antissemitismo, CWZO na sigla em inglês, alguém que estava ao lado da criança atirou-lhe um objeto pontiagudo para o rosto e o espancamento teve início. “Não posso apontar pessoas”, disse Sjögren, “tudo aconteceu de forma muito rápida”.

Ainda segundo Sjögren, há pelo menos dez testemunhas do ataque, o problema é que todas estas testemunhas usavam hijabs ou outros lenços com cores da Organização para Libertação da Palestina (OLP), o que praticamente inviabiliza um relato isento dos acontecimentos. A prova disso foram as afirmações de algumas “testemunhas” que disseram ter visto a judia “tropeçar” e cair.

Segundo relato do CWZO, quem vê o rosto de Anna Sjögren dificilmente crerá que aquilo é resultado de um tropeção. Sjögren teve a mandíbula severamente danificada, os olhos estão completamente inchados e há escoriações por todo o corpo.

“Eu não posso ir à polícia, pois se isso acontecer os agressores terão o meu nome e endereço. Eles saberão onde me encontrar e saberão que sou judia e que os delatei”, disse Sjögren que na última segunda-feira pediu ajuda a uma organização local de segurança judaica.

Anna Sjögren é uma das organizadoras de uma manifestação pró-Israel que está agendada para o dia 7 de Setembro, um evento que vem sendo planejado há alguns meses.

Na sua página no Facebook, Anna Sjögren postou o seguinte comentário: “A Estrela de David é extremamente significativa e importante para mim e nunca vou tirá-la, não importa o que aconteça! Vou reerguer-me orgulhosamente por Israel e nunca permitirei que ninguém me cale! Am Yisrael Chai*!”

* “O Povo de Israel Vive!”

Anúncios

Um comentário sobre “ANTISSEMITISMO NA EUROPA

  1. Sabe o que é bom em tudo isso !!!! É ver o Brasil abrir as portas para um bando de muçulmanos que chegam aos milhares. Em 10 anos nosso país será tomado por eles. Acordaaaaaaaaaa Brasillllllllll !!!!!!!!!!! Principalmente por que nesse país de merda, o povo é doutrinado a nao reagir perante qualquer forma de agressão. É por Deus que eles ainda nao olharam para essa terra da mae joana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s