Publicado por: noticiasdesiao | 1 de novembro de 2013

KRISTALLNACHT

SERGEY LARENKOV E A NOITE DOS CRISTAIS

O fotógrafo russo Sergey Larenkov teve uma ideia simples, genial, mas cuja execução, extremamente minuciosa, deve-lhe ter custado milhares de horas de dedicação e empenho. Munido de um programa gráfico e uma pilha de fotos da Segunda Guerra Mundial, Larenkov passou a sobrepor fotos atuais às antigas, traçando um inquietante retrato do presente espelhado no passado.

As fotos da Amsterdan da época de Anne Frank são as mais impactantes, mas, para mim, duas delas em especial chamaram a atenção, ambas feitas no front russo.

Sergey Larenkov Fantasmas da Segunda Guerra Mundial

Na primeira, numa imagem dos anos 1940, duas pessoas, cabisbaixas, puxam os restos mortais de, provavelmente, um parente. Na mesma rua, no mesmo local, 70 anos depois, os transeuntes caminham indiferentes ao que aconteceu ali décadas atrás.

As sobreposições de Larenkov nos colocam no mesmo lugar, mas em duas realidades completamente opostas. Observar estas montagens e olhar para o que está acontecendo na Europa nos dias de hoje deveria nos causar arrepios. Mas, tal qual turistas – ou meros transeuntes – que continuam suas jornadas sem se aperceberem da história que estas ruas têm, os europeus de hoje repetem a mesma inércia com que agiram os seus antepassados.

A Sergey Larenkov

A segunda foto que me chamou a atenção foi uma em que um garoto dos dias de hoje que, ao atravessar uma ponte, olha para trás. Setenta anos antes, a mesma ponte era atravessada por uma tropa invasora nazista. A montagem de Larenkov nos leva a imaginar quantos garotos daquela época presenciaram a mesma cena e o fim que eles tiveram. Estará o garoto de hoje, inocente na sua caminhada, correndo os mesmos riscos que uma criança como ele correu nesta mesma ponte?

Na próxima semana, diversas vitrines do comércio da cidade de Berlim farão um alerta que desde já prefigura-se como icônico. Os lojistas decorarão suas vitrines com simulações de vidros partidos, de modo a relembrar o horror que foi a noite do dia 9 de Novembro de 1938. Naquela noite, que passou para a história como a Reichskristallnacht ou Kristallnacht (Noite dos Cristais), 91 judeus foram mortos, cerca de 25.000 a 30.000 foram presos e conduzidos a campos de extermínio, 7500 lojas judaicas foram vandalizadas ou destruídas e 267 sinagogas reduzidas a escombros.

Como se fosse uma montagem de Larenkov, Berlim sobreporá simulações de vidros partidos de modo que os transeuntes de hoje jamais se esqueçam do que aconteceu naquelas mesmas ruas 75 anos atrás.

Se você faz parte de alguma rede social, conclamo a fazer algo parecido, substituindo a foto do seu perfil pela imagem de uma vitrine quebrada. Compartilhe essa ideia, para que as imagens da Kristallnacht jamais se repita, seja na Europa ou em qualquer outro lugar do mundo.

Eis aqui algumas imagens do dia seguinte à noite de 09 de Novembro de 1938 para que você possa utilizar no seu perfil.

kristallnacht-1

kristallnacht-2

Im Verlauf der "Reichskristallnacht" zerschlagene Schaufensterscheiben in Berlin

kristallnacht-4

Magdeburg, zerstörtes jüdisches Geschäft

kristallnacht-6

kristallnacht-8

kristallnacht-7

Anúncios

Responses

  1. Sinto arrepios ao lembrar-me destes dias antigos… deste outro evento tão humilhante na vida do povo judeu. Parece-me que ouço os vidros quebrando….vejo muitas pessoas correndo…. crianças assustadas chorando, tremendo sem parar, grudados nas roupas dos seus pais, buscando proteção. Parece que ouço os passos apressados deles, para fugir e se esconder do tumulto gerado por gente maldosa e perversa, que vinha para destruí-los. Apesar de tudo…..AM ISRAEL CHAI!!! O ETERNO, LOUVADO SEJA, TE ABENÇOE GRANDEMENTE, MEU QUERIDO IRMÃO, POR SEU AMOR TÃO GRANDE AO D’US DE ISRAEL E AO POVO JUDEU.

    • Cara Maria Lúcia, suas palavras nos projetam para as ruas de Berlim. Realmente é isso que precisamos, nos projetar naquelas ruas, nos projetar naquelas pessoas, e fazer o que estiver ao nosso alcance para que fatos como esses nunca mais venham a se repetir.

      • Amén, Amén!!

  2. CONTE COMIGO.

    • Obrigado, Rogério. Vamos passar esta ideia para frente. Há tantos movimentos estúpidos que tornam-se “virais” na net, então porque não um que valha de fato a pena?

  3. Fui dormir pensando em seu artigo comovente. Ainda tremo quando lembro-me deste evento tão dramático. Que o Senhor Yeshua nosso Messias, Bendito seja, os abençoe grandemente , querida família Roberto Kedoshim!! Paz sobre Israel e sobre todas as famílias da face da Terra!!

  4. Parabéns pelo site…muito interessante…que Deus continue abençoando a suas pesquisas…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: